Monetizando o Blog

Todo mundo que tem um Blog precisa conseguir algum retorno financeiro para dar sustentação o seu projeto, afinal de contas os custos existem. Até pouco tempo atrás p que você poderia fazer era vender espaços publicitários em forma de banner para gerar alguma receita. Hoje, uma das melhores opções para poder ter algum retorno financeiro é utilizar algum programa de afiliados no seu Blog. É um programa que poderá trazer bons resultados para o seu Blog sem precisar estar correndo atrás de venda de banners.

Tipos de Programas

Há diversos tipos de programa de afiliados, cada um gera um certo tipo de retorno para o usuário. O CPC, ou Custo por Clique, gera um retorno sempre que uma pessoa clicar em um link do programa de afiliados; O CPA, ou Custo por Ação, gera um retorno sempre uma pessoa comprar um produto ou serviço dentro de um programa; O CPM, ou Custo por Mil, gera um lucro a cada mil banners expostos no site do afiliado.

Qual o melhor programa de afiliados?

Depende, cada caso é diferente. Faça seu cadastro em alguns dos programas para conhecer suas particularidades e poder avaliar qual é o que vai dar mais lucros. É fundamental é que você tenha mais de um programa, desde que não sejam conflitantes (leia sempre as regras), pois se o programa fechar ou se mudarem as regras do programa o seu retorno financeiro virá a zero do dia para noite. O ideal é ter no mínimo dois programas funcionando em conjunto.

  • Google Adsense: é um excelente programa, fácil de implementar e gerenciar e ainda tem o nome Google que dá toda a garantia necessária para um funcionamento correto. O próprio sistema gera os anúncios relevantes promovendo maiores lucros para o seu Blog, outra vantagem é que os valores gerados são monetizados em Dólar e são pagos em dia.
  • Submarino: é um sistema de afiliação simples que por não ser auto gerenciável exige um esforço a mais do responsável pela sua implantação no blog, tem gente que abandona esse serviço por baixos rendimentos, já tem gente que elogia e alega ser um dos mais lucrativos.
  • Mercadolivre: sua rentabilidade se dá de duas formas, a primeira é quando um novo usuário se cadastra através de sua página; a segunda maneira é quando uma venda é concretizada. Seu rendimento não chega nem perto ao do AdSense.

Existem vários outros programas de afiliados para sites e blogs (UOL, NetShoes…), procure o que mais se identifica com o seu público alvo. Só evite aqueles que fazem publicidade “invasiva” como é o caso do HotWord, termina por afastar o seu leitor.